Materiais Produzidos

Nesta área serão disponibilizados materiais que tenham como foco a capacitação humana e profissional e outros assuntos relevantes que perpassem o tema. Esses materiais poderão ser  elaborados por nós ou por pessoas com reconhecimento no mercado. 

* Click na foto e leia o material na íntegra.


Gislene Rocha, especialista em recursos humanos, aborda neste texto como será a área de Gestão de Pessoas com a entrada e a ampliação da Inteligência Artificial nas organização. Pensamente congruente ao meu. Vale muito a leitura!

Artigo Publicado pela Michelle Navarro Lins, no Linkedin, aponta características de como é a visão hoje do trabalho no futuro. Faz muito sentido. Vale a pena ler.

Rodrigo Pereira captou bem, não só a nova organicidade do mercado de trabalho, mas também os reflexos, nada positivo, no exército  de trabalhadores, caso nada seja feito por eles. Muito interessante a leitura. 

Muito interessante porque aponta de maneira clara e objetiva qual deve ser nossa postura como empreendedor que somos. Vale conhecer.


COLÓQUIOS SOBRE DEVANEIOS ECONÔMICOS

Esses textos se referem à uma série que o Geraldo Lima está produzindo e postando no Linkedin. Sua abordagem se pauta na visão das alterações mercadológicas causada pela 4ª revolução industrial. A série contemplam cinco textos. Os dois últimos se encontram em fase de finalização. 

Este primeiro dos "Colóquios" contempla uma introdução sobre os assuntos que serão tratados nos demais. A conclusão deste é: a mudança do mercado é fato, então, não nos cabe esperar. Temos que nos reinventar. 






O quarto texto aborda quais os impactos observados na profissão de economista, decorrentes do rearranjo do mercado patrocinado pela indústria 4.0. 

O segundo vai abordar características desta mudança ocorrida no mercado. A conclusão deste é: Pense assim: A robotização do processo rotineiro veio para ficar. A máquina não é nossa concorrente, mas nossa ferramenta que vai otimizar nossa produtividade.


Neste quinto e último texto eu concluo abordando alguns pontos conclusivos que perpassou ao longo de todos os demais textos.  

O terceiro discute o novo papel do contabilista e a ideia de que a rotina de lançamento, que até então dispendia a maioria do tempo do profissional, já é função da máquina. A Conclusão deste é: O novo contabilista é um empreendedor, um gestor e um parceiro das empresas.